Tendências da NRF 2024: inovações do maior encontro de varejo

O ano de 2024 começou com uma edição especial da NRF (National Retail Federation), o centenário da maior feira de varejo do mundo. Com o tema “Make it Matter” (em tradução livre, Faça Valer a Pena), o evento reuniu cerca de 40 mil congressistas no Jacob Javits Center, em Nova York, e inspirou inovação e reflexão. Neste artigo, abordaremos as tendências da NRF 2024.

Os especialistas em mercado varejista e idealizadores da Goakira Omnibiz José Fugice e Daniel Zanco, professor do MBA USP/Esalq, compartilharam conosco suas percepções e destacaram tendências apresentadas e comentadas no evento. Além disso, nossa aluna Silvia Sanches também esteve presente e nos trouxe sua perspectiva. Confira!

Leia mais: Entenda os desafios da gestão estratégica de pessoas no varejo e não erre mais!

3 experiências que fazem a viagem à NRF valer a pena

De acordo com José Fugice e Daniel Zanco, existem três principais experiências proporcionadas pelo evento que fazem a viagem à gelada Nova York valer a pena para quem vem do Brasil, que estava em peso no evento: dos 40 mil congressistas, cerca de 8 mil eram brasileiros.

  • Conexões: de acordo com os especialistas, o evento já é o maior encontro dos decisores do varejo brasileiro. “Nenhum evento em terras tupiniquins consegue chegar perto da quantidade de presentes”, disseram.
  • Conhecimentos: o ambiente de inovação faz com que muitos negócios sejam repensados, outros criados e muitos melhorados.
  • Dar uma pausa: o evento proporciona sair do dia a dia do escritório. “O ambiente de inovação, a mentalidade de evolução e a postura de aprendiz fazem com que uma semana de NRF valha mais que meses de projetos longos”, comentaram.
Uma pessoa está entre várias caixas em prateleiras enquanto usa um tablet, em relação às tendências da NRF 2024, o maior evento de varejo do mundo.
O ambiente de inovação da NRF faz com que muitos negócios sejam repensados, outros criados e muitos melhorados.

Leia mais: Qual o papel da diversidade no varejo?

4 tendências da NRF 2024 para ter como estratégia

Os especialistas ainda citaram quatro caminhos estratégicos para se ter em mente de acordo com os pontos destacados na NRF:

  • Considerar o comportamento da geração Z: refletir sobre o que é relevante ao considerar que existe um novo consumidor, que é empoderado, e passa por uma jornada que inclui interações e influência digital.
  • Diferenciação: o consumidor está disposto a pagar mais para quem entrega mais, seja marca, produto, inovação, experiência de compra etc.
  • Preço: pode oferecer uma grande vantagem competitiva, mas apresenta dificuldades pois depende da eficiência operacional e escala para vender mais barato.
  • Conveniência: a facilidade de comprar e receber amparada pela integração entre ambiente físico e digital, além de boa estrutura logística, normalmente resulta em fidelidade e recorrência.

Leia mais: 3 dicas para uma boa gestão de pessoas no varejo

A presença do varejo brasileiro no mercado internacional

Silvia Sanches, aluna do MBA USP/Esalq, ressaltou o peso do varejo brasileiro, que foi mencionado por alguns líderes de grandes marcas. Para ela, destacar o mercado de luxo brasileiro globalmente, como fez a Vogue, é motivo de orgulho.

“Isso para nós é muito importante, num congresso onde quase um quarto dos participantes são brasileiros, significa que o mercado brasileiro é valorizado internacionalmente. É muito legal uma empresa como a Vogue destacar o mercado de luxo Brasil como um destaque global”, comentou.

Leia mais: Estratégia Omnichannel para o varejo: será o futuro?

Novos consumidores e uma mudança e paradigmas

Silvia também destacou a necessidade de “ficar de olho na geração Z”: “em muitas das palestras houve discussões sobre como se preparar para um consumidor que está promovendo uma mudança de paradigmas”.

Muitas palestras comentaram características desse público, que é crítico, e entre as mais citadas estão tópicos como: sustentável e imediato. “Isso foi citado algumas vezes como ponto de atenção para preparar o varejo para os próximos 20 anos, ou seja, a gente está enxergando um futuro com novos formadores de opinião que vão dar o tom das vendas”, disse.

Quer estar à frente das tendências e moldar o futuro do seu negócio? Prepare-se para o que virá, sejam oportunidades ou desafios. Inscreva-se no MBA USP/Esalq, onde aprendizado, inovação e networking se encontram, e faça parte da transformação do varejo.

Você também pode gostar desses conteúdos:

Autor (a)

Letícia Santin
Letícia Santin
Jornalista, gosto de leituras que me cativem e de aprender de tudo um pouco. Minhas experiências profissionais com comunicação me fizeram apreciar a transmissão de conhecimentos e ideias de uma forma descomplicada e acessível. No meu tempo livre, gosto de fazer maratonas de filmes e séries, meditar, desenhar e cozinhar.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui