quinta-feira, setembro 29, 2022

3 dicas para uma boa gestão de pessoas no varejo

Nos últimos anos, a Gestão de Pessoas ganhou os holofotes e com o setor varejista não seria diferente. Se você se relaciona de alguma forma com essas duas áreas, vai gostar de saber algumas dicas para uma boa gestão de pessoas no varejo e como essas duas áreas estão interligadas.

E não poderíamos deixar de falar com um especialista, né? Marcos Luppe é coordenador e professor do MBA em Varejo Físico e Online USP/Esalq e conversou com a gente sobre esse tema. Vem ler!

Mas, antes de darmos início à matéria, vale lembrar que o ano está chegando ao fim e nada melhor do que começar 2022 investindo na sua carreira. O MBA em Varejo Físico e Online USP/Esalq está com inscrições abertas e pode ser a oportunidade que você precisa para evoluir pessoal e profissionalmente. Aproveite e se inscreva!

Leia mais: Conheça o MBA em Varejo Físico e Online USP/Esalq

Impactos da gestão de pessoas no varejo brasileiro

Para entender os impactos da gestão de pessoas no varejo, é importante analisar o contexto da relação do setor varejista, que é totalmente dinâmico, com a Gestão de Pessoas, que é fundamental em qualquer empresa e segmento.

Quando questionado a respeito desses impactos, Luppe explica: “O maior impacto está no atendimento, principalmente.”

Isso porque o setor varejista é completamente dependente das relações humanas e do contato direto com o consumidor.

“Como é um negócio que trata de gente com gente, de pessoas que trabalham nas empresas varejistas e atendem milhares de clientes, existe um impacto muito forte nessa área da gestão estratégica de pessoas nas empresas do setor varejista”, explica o professor.

um grupo de pessoas sentadas, representando uma das dicas para uma gestão de pessoas no varejo.
Uma das dicas para uma boa gestão de pessoas no varejo é investir nas pessoas, uma vez que são elas que têm contato direto com cada cliente.

Leia mais: Conheça os desafios das instituições brasileiras e esteja preparado!

Luppe também apresenta algumas dicas essenciais para os gestores de pessoas que atuam no varejo e querem engajar mais suas equipes, alinhar expectativas e propósitos e alcançar melhores resultados de venda e crescimento do negócio. Confira!

Desenvolva um plano de carreira

Segundo o professor, por causa da imprevisibilidade do varejo e seu dinamismo, as pessoas acabam vendo o setor como um trabalho passageiro.

“É importante que a empresa apresente um plano de carreira que mostre as possibilidades reais de crescimento profissional na empresa”, explica Luppe.

Cultura de feedback

Outra questão importante levantada por Luppe é a de criar uma cultura de feedback, que tem total relação com o papel da liderança. “O gestor deve ter esse papel de analisar o desempenho e mostrar pontos de melhoria em sua equipe.”

Há algumas ferramentas de feedback que podem auxiliar na análise e engajamento da equipe, como a Janela de Johari e a avaliação 360º. Saiba mais sobre elas aqui e aqui.

Políticas de incentivo

Por último, mas não menos importante, estão as políticas de incentivo, com o objetivo de engajar a equipe de trabalho por meio da remuneração ou compensação com base no desempenho. Os benefícios e recompensas oferecidos são variados e de acordo com a estratégia de cada negócio.

“Embora esteja muito mais presente em Vendas, as políticas de incentivo são um dos indicadores possíveis de serem trabalhados, e como o varejo é um segmento muito dinâmico, no qual a previsibilidade é baixa, é importante que as empresas as desenvolvam.”

Com essas dicas você pode gerir seu negócio com eficiência e contar com uma equipe qualificada e engajada com o propósito da empresa.

Gostou dessas dicas para uma boa gestão de pessoas no varejo? No MBA em Varejo Físico e Online USP/Esalq você tem acesso a esse tipo de conteúdo e muito mais! Se inscreva!

Você também pode gostar desses conteúdos:

Autor (a)

Acacio Junior
Acacio Junior
Marido, cristão, apaixonado pela vida e por boas amizades. Uma longa caminhada até aqui tornou possível minha integração no mundo da Comunicação e agora me aventuro na produção de conteúdos escritos e, sinceramente, não poderia estar mais feliz. Hoje, me encontrei dentro das escritas e do aprendizado diário em um mundo cheio de histórias das quais espero descobrir.

Compartilhar