quarta-feira, agosto 10, 2022

Home office, e agora? Saiba se adaptar ao trabalho remoto

Nem todo mundo está habituado a trabalhar em casa e pode ficar um pouco perdido ao precisar trocar o escritório pelo home office. A adaptação é um item essencial para tirar o melhor dessa experiência e continuar entregando resultados como se estivesse indo todos os dias para o trabalho.

Se você se encaixa nessa situação e ainda não conseguiu se organizar para render no trabalho remoto, confira algumas dicas que preparamos:

Para se organizar

Aqui no blog gostamos de falar sobre organização, pois ela é a chave para uma boa produtividade e qualidade nas entregas. Existem diversas formas de preparar o dia, mas cada um se adapta melhor com a sua própria rotina de organização.

Para aqueles que ainda precisam de ideias, indicamos o uso de aplicativos de planejamento, organização e anotações de ideias, como Evernote, Google Keep, Wunderlist, Todoist, AnyDo etc. Todos são disponíveis para Android, IOS e computador.

Caso anotações manuais funcionem melhor para você, utilize listas objetivas das tarefas diárias e deixe-as sempre à vista, assim fica mais fácil acompanhar o andamento de cada coisa. E, como a lista, tenha sempre à mão o que é importante para o andamento do seu trabalho.

Se você quer ter controle das suas ações no home office e acompanhar o andamento remoto das atividades junto com a sua equipe, o Trello será a ferramenta perfeita para lançar todo o planejamento do time. Além disso, é importante manter a comunicação constante, para corrigir, discutir e acertar detalhes do planejamento.

Para ser produtivo

Ao entrar no modo de operação é importante alternar entre as tarefas grandes e pequenas, pois assim você mantém um equilíbrio no fluxo de trabalho e não se desgasta focando apenas em coisas intensas por longos períodos.

Se você tem muitas entregas para cumprir na semana, separe por prioridade e data de entrega, assim como faria junto ao seu gestor e equipe. Depois disso, trace metas diárias e quanto tempo levará para a conclusão, mas respeite firmemente esse prazo.

Outra forma de ser produtivo é evitando o hábito de ser multitarefas (quando se presume que o alto desempenho está ligado a fazer várias coisas ao mesmo tempo). Entenda que produtividade não está liga a números, mas com a capacidade de fazer algo bem feito de cada vez.

Cuidado também para não transformar seu período de home office em uma mistura de atividades pessoais e profissionais. Como você está trabalhando em casa, pode cumprir sua agenda laboral dentro das obrigatoriedades trabalhistas (caso você pertença ao regime CLT) e ao final poderá se dedicar a outras coisas.

Para manter o foco

Lidar com o home office pela primeira vez gera uma grande preocupação: como vou me concentrar em um ambiente diferente? Seja pelas pessoas que vivem com você ou pela forma social como vemos o nosso lar (um local de descanso, apenas), talvez seja difícil manter o foco.

Apesar disso, não é algo impossível. Comece pensando nas coisas que costuma fazer no trabalho e traga isso para o ambiente que você escolheu para ser seu escritório em casa. Tire de perto as distrações e trate-o como a mesa da ‘firma”, com coisas necessárias para as suas entregas.

Tire notificações desnecessárias do seu celular e abra somente aplicativos que tenham a ver com as suas tarefas, como Skype, Microsoft Teams, Trello e e-mails, por exemplo. Trate da mesma forma o seu navegador e apenas acesse páginas que abre no trabalho.

Para aumentar ainda mais o seu foco, use técnicas de concentração, como a Pomodoro, ou sons que abafem barulhos externos, como ASMR, músicas (se o seu ambiente permite) ou o app/extensão Noisli. Por fim, estabeleça um tempo de início e conclusão para cada tarefa que você precisa entregar.

Para se sentir bem

Trabalhar no regime de home office significa monitorar seus hábitos, portanto, preze para que eles sejam compatíveis com aqueles praticados todos os dias no escritório. A flexibilidade permite que isso aconteça de forma adaptada, como o uso de roupas mais informais e confortáveis no lugar de uniformes, por exemplo.

Tente manter também os momentos de descanso e pausas para o café, água e banheiro, afinal, trabalhar longas horas sem interrupção é mais prejudicial do que benéfico para a sua produtividade.

Como estamos entrando em uma era de bem-estar, ginásticas laborais e técnicas de relaxamento estão invadindo os escritórios para trazer alívio físico e emocional para os funcionários. Use isso também no seu espaço em casa, fazendo alongamentos, intervalos para esticar as pernas e meditação.

Preze também para que os seus horários sejam os mesmos, de entrada e saída, e não pense em almoçar na frente do computador, tirando ao menos meia hora para fazer suas refeições.

Seja temporário ou não, o home office precisa ser encarado com seriedade e responsabilidade. Conta para a gente a sua experiência nessa modalidade ?

Autor (a)

Ana Rízia Caldeira
Ana Rízia Caldeira
Boa ouvinte, aprecio demais os momentos em que posso ver o mundo e conhecer as coisas pelas palavras das outras pessoas. Não por menos, entrei para o jornalismo. E além de trazer conteúdos para o Next, utilizo minhas habilidades de apuração e escuta para flertar com a mini carreira de apresentadora nos stories do MBA USP/Esalq, no quadro Você no Camarim.

Compartilhar