Marketing 5.0: o que é e qual a importância?

O marketing apresenta diversas mudanças ao longo da história, uma vez que os hábitos de consumo de clientes e objetivos de venda de empresas passam por constantes transformações. Com isso, surge o Marketing 5.0, uma evolução do marketing que utiliza as mais variadas tecnologias para melhorar a jornada do consumidor e a sua qualidade de vida. 

O conceito foi criado por Philip Kotler, professor universitário estadunidense e “pai do marketing”, que lançou até mesmo um livro em que explica tudo sobre o tema em parceria com Hermawan Kartajava e Iwan Setiawan, referências para profissionais da área. 

Se você tem algum contato com o setor de Marketing, é de extrema relevância saber mais detalhes sobre esse conceito e, por isso, vamos te explicar neste conteúdo o que é o Marketing 5.0, as principais características, a importância dessa evolução e alguns detalhes das outras eras do marketing. Confira a seguir! 

Evolução do Marketing 

O marketing evoluiu de um conceito voltado totalmente para o produto, passou para o foco no consumidor, depois tornou-se centrado no ser humano e assim por diante. Embora possua diversos estágios e, hoje, o mais atual seja o Marketing 5.0, ainda há empresas que possuem a mentalidade do Marketing 1.0, por exemplo. 

O ideal é que empresas evoluam de acordo com os conceitos do marketing, que detalhamos a seguir: 

  • Marketing 1.0: diretamente ligado à Revolução Industrial, essa era do marketing focava no produto e em sua produção. O objetivo era produzir a maior quantidade de produtos para que pudesse atingir grande parcela da sociedade. 
  • Marketing 2.0: por causa da grande quantidade de concorrentes no mercado, as empresas decidiram se diferenciar e focar no consumidor, procurando entender quais eram as suas necessidades, comportamentos e interesses. 
  • Marketing 3.0: esse estágio do marketing buscou focar no indivíduo, personalizando a comunicação e levando em consideração os valores, ética, cultura e emoções do consumidor. As empresas passaram a enxergar o cliente como um parceiro e buscaram até mesmo a humanização das marcas. 
  • Marketing 4.0: essa era marca a transição do marketing tradicional para o marketing digital, momento que marca a influência da internet, que passou a fazer parte da vida da maioria dos consumidores. Aqui, o foco foi alcançar os clientes pelos meios físicos e digitais, utilizando tecnologias e ferramentas ideais para cada situação. 
Imagem de uma planta verde com raízes tecnológicas representando o conceito de sustentabilidade e tecnologia do Marketing 5.0
O marketing passa por constantes evoluções e o estágio mais atual, o Marketing 5.0, foca no uso da tecnologia de modo benefício para os consumidores e a sociedade como um todo.

O que é o Marketing 5.0? 

O Marketing 5.0 surge como uma evolução do marketing que foca em aplicar a tecnologia em prol do bem-estar e qualidade de vida dos clientes, colaborando para comunicar, entregar e aumentar valor na jornada do consumidor. 

Esse último conceito combina elementos de dois estágios anteriores, o foco no indivíduo do Marketing 3.0 e o objetivo de criar conexões com o público por meio de tecnologia do Marketing 4.0. 

As tecnologias mais utilizadas no Marketing 5.0 são as de Inteligência Artificial, Processamento de Linguagem Natural (NLP), Realidade Aumentada, Realidade Virtual, IoT (Internet das Coisas) e blockchain. 

Além disso, esse estágio foi inspirado na ideia da “Sociedade 5.0”, criada pelo governo japonês em 2016, que propõe o uso de tecnologias inteligentes de modo que melhorem a qualidade de vida das pessoas, otimizando tarefas diárias nos mais diversos campos sociais. 

Por isso, o Marketing 5.0 também possui o objetivo de contribuir para uma sociedade mais inclusiva e sustentável por meio das tecnologias que vêm surgindo ao longo dos anos. 

Leia mais: Conheça a importância de estudar marketing hoje 

Componentes do Marketing 5.0 

Os componentes do Marketing 5.0 são apresentados por Philip Kotler, Hermawan Kartajava e Iwan Setiawan, sendo eles: 

  • Data-driven Marketing: atividade voltada para coletar e analisar dados do big data de diversas fontes internas e externas, com o intuito de tomar melhores decisões baseadas em dados.
  • Marketing ágil: uso de equipes descentralizadas, colaborativas e multidisciplinares para conceituar, desenvolver, desenhar e validar produtos e campanhas de marketing de modo eficiente. 
  • Marketing preditivo: processo de construir e utilizar a análise preditiva para verificar tendências de mercado, por exemplo, utilizando machine learning para prever os resultados das atividades de marketing antes de serem colocadas em prática. 
  • Marketing contextual: atividade que acontece em espaços físicos e possui o objetivo de oferecer uma experiência personalizada para cada cliente por meio de sensores e interfaces digitais. 
  • Marketing aumentado: uso de tecnologias digitais, como chatbots e assistentes virtuais, para oferecer aos consumidores um atendimento humanizado, personalizado e otimizado, aumentando a produtividade no dia a dia de profissionais de marketing. 

Especialize-se em Marketing! 

O marketing é uma área vasta e possui grande importância para as empresas presentes no mercado atual. Por isso, profissionais especialistas no assunto são demandados cada vez mais. Uma ótima forma de buscar conhecimento sobre marketing é por meio de um MBA! 

O MBA em Marketing USP/Esalq é ideal para profissionais da área que buscam se especializar ainda mais no tema e até mesmo para quem possui o desejo de adentrar o setor. As aulas são 100% online e contam com um corpo docente de professores renomados. O curso é certificado pela USP e fará toda a diferença em sua carreira! Inscreva-se agora mesmo.   

Você também pode gostar desses conteúdos: 

Autor (a)

Monique Gremes
Monique Gremes
Publicitária, apaixonada por comunicação, natureza, gatos e viagens. Amo aprender algo novo e colocar em prática todo o meu conhecimento. Me encontrei na área do marketing e escrever conteúdos ocupa um espaço grande em meu coração. Meu propósito é colaborar para que vivamos em um mundo melhor e acredito que não há forma mais poderosa do que viabilizar e espalhar o conhecimento por meio da escrita.

Compartilhar