quinta-feira, setembro 29, 2022

MBA USP/Esalq propõe uso do conhecimento para transformação de realidades

A campanha “Para fazer diferente” do MBA USP/Esalq faz um convite aos seus alunos em 2018. O foco é propor a eles que apliquem o conteúdo de aula em projetos profissionais que irão transformar realidades. “O cenário pede mudanças. Os alunos podem fazer muito neste sentido, seja em projetos próprios ou dentro das empresas e instituições em que atuam”, diz o professor Pedro V. Marques (USP/Esalq). Algumas histórias transformadoras de alunos e professores dos MBAs USP/Esalq são mostradas na campanha. A professora Adriana Alves Teixeira, aluna do MBA em Gestão Escolar USP/Esalq, desenvolveu uma metodologia própria de ensino na escola em que trabalha: a abordagem afetiva. O método mostrou-se bastante eficaz para a realidade de carência social e econômica dos alunos e resultou em notas mais altas e maior envolvimento com o estudo. “Notei que só dar aula e ir embora não faria diferença alguma na vida daqueles estudantes. Era preciso trazer as necessidades e angústias de cada um para discussões em sala antes de tratar dos conteúdos”, diz ela. ”Parece básico, mas senti que o resultado viria a partir do momento em que olhasse bem a fundo para cada situação vivida pelos alunos”, completa. O professor do MBA em Gestão de Projetos USP/Esalq João Carlos Boyadjian faz parte do projeto de reconstrução da Armênia. “Coloquei como um objetivo de vida resgatar o que meus pais, meus avós perderam. Como gestor de projetos, tenho este trabalho como a melhor forma de aplicar o conhecimento”, relata. A Armênia sofreu, entre 1915 e 1923, o primeiro genocídio do século XX, cometido pelo Império Otomano, e o país tenta se reerguer através de projetos como o Fundo Armênio, o qual Boyadjian preside há 25 anos no Brasil. “Em três anos, arrecadamos no Brasil US$ 500 mil para a construção de projetos como estradas, hospitais, escolas, sistemas de distribuição de água, entre outros. No total, o fundo Armênia mundial já levantou US$ 330 milhões em 25 anos para 1.500 projetos”. Conheça as histórias completas da campanha 2018 do MBA USP/Esalq no site www.parafazerdiferente.com Saiba mais: MBAs USP/Esalq Certificação USP Duração: 18 meses Aulas e provas online (Exceto a última prova do curso, que será aplicada de forma presencial, no campus da USP/Esalq, em Piracicaba (SP), junto à defesa da monografia). Formação superior completa obrigatória Inscrições em www.mbauspesalq.com

Compartilhar