sexta-feira, setembro 30, 2022

Cresce oportunidade de carreira no cooperativismo financeiro

A realidade do cooperativismo financeiro no mundo e o significativo crescimento desse movimento no Brasil apontam para um negócio promissor. Com depósitos da ordem de R$ 90 bilhões, estimados pelo Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), o Sistema Nacional de Crédito Cooperativo reúne quase 9 milhões de associados, atendidos por mais de 1.000 cooperativas e 5.500 postos de atendimento, segundo estatísticas recentes do Banco Central do Brasil. Neste mês, teve início a primeira turma do MBA em Cooperativas de Crédito USP/Esalq. Segundo Carlos Shinoda, um dos membros da coordenação do MBA, participar hoje do cooperativismo financeiro, devidamente qualificado com uma sólida formação acadêmica e profissional, é ter a oportunidade de fazer carreira em um negócio desafiador e promissor. “Esse modelo de negócio trabalha com spread bancário (diferença entre a taxa de captação e a taxa de empréstimo) bastante reduzido e, por conta disso, vem crescendo a passos largos. Quem entrar agora nesse negócio, quem se aprimorar, se fortalecer, vai ter uma grande vantagem comparativa em termos de carreira”, afirma Shinoda. De acordo com Shinoda, há oportunidade de carreira para profissionais que querem entrar no segmento e também para aqueles que já atuam com cooperativismo, mas precisam crescer. “É o caso de um cooperado que tenha pretensão de se tornar um gestor, conselheiro fiscal ou administrativo ou de um empreendedor que avalia a possibilidade de implantar uma cooperativa de crédito em uma cidade ou região”, relata. A advogada Luciana Belo, que atua em um escritório que atende cooperativas de vários ramos, tem conhecimento das oportunidades do segmento e, por isso, decidiu investir no MBA em Cooperativas de Crédito USP/Esalq.  “Busquei um MBA por conta porque o departamento jurídico deve estar alinhado com os outros setores da instituição financeira, já que somos ´órgãos´ que compõem o todo de um organismo, e garantir uma formação mais completa por meio de um curso bastante promissor de uma instituição renomada, que é a USP/Esalq”, relata. A proposta do MBA Gestão em Cooperativas de Crédito USP/Esalq é disseminar o conhecimento de conceitos e práticas necessários a essa qualificação, simultaneamente aos cooperados, colaboradores e gestores localizados e atuantes em todo o território nacional. Quer conhecer o curso? Saiba mais: Certificação USP Duração: 18 meses Aulas e provas online (Exceto a última prova do curso, que será aplicada de forma presencial, no campus da USP/Esalq, em Piracicaba (SP), junto à defesa da monografia). Formação superior completa obrigatória Investimento: R$ 100 de inscrição + 18 mensalidades de R$ 590. Inscrições em http://mbauspesalq.com/pt/cursos/gestao-em-cooperativas-de-credito/    

Compartilhar