domingo, outubro 2, 2022

Workshop desperta visão do professor generalista

O professor da USP, Luiz Barco, uma referência em temas como Educação e Comunicação, quer despertar uma nova visão da Educação nos participantes do workshop do VII SIM (Simpósio de Agronegócio e Gestão). Com o tema “A importância da educação básica na formação do indivíduo”, Barco vai instigar nos alunos do MBA em Gestão Escolar a visão de professor generalista.

O workshop de Barco será a união de vivência e estudos sobre educação. Além de compartilhar suas experiências educacionais, o professor quer dividir com os participantes uma visão diferenciada sobre a forma de educar. “Sou um defensor da ideia de uma qualificação maior para ensinar as crianças. Como exemplo, observe que na medicina, o especialista em fígado só trata fígado. O especialista tem uma visão parcelada. Em vários países, como no Canadá, 30% são especialistas e 70% são generalistas”, informou.

Barco não é contrário a especialização, mas no campo da educação, defende uma visão mais ampla daquele que é responsável por transmitir o conhecimento. “Defendo o professor generalista, que não ensina só o que está no currículo. O ensino como um todo. O todo é maior do que cada uma das partes”, disse.

Para Barco, a educação tradicional tem formado indivíduos melhores em um pedaço e distantes do todo. “Os americanos fizeram uma pesquisa para saberem qual a melhor escola. A eleita foi uma escola na Itália, sem salas de aula e com ateliês de música, arte. Lá, eles aprendem através do sentido lúdico”.

Com quase 60 anos de profissão, o professor espera, no futuro, a concretização dessa nova forma de ensinar. “Não estou pedindo que o professor jogue o currículo fora. Só acredito que a cada aula ele pode dar uma visão generalista. Os professores estão formando cidadãos, que precisam ter essa visão do todo”, afirmou.

Esse é apenas um dos temas que o professor Luiz Barco vai abordar no VII SIM. O evento é exclusivo para alunos dos MBAs USP/Esalq. Faça sua inscrição aqui.

Compartilhar