quinta-feira, dezembro 1, 2022

5 motivos para investir em coaching

Muito citado atualmente, o coaching é um processo que auxilia no desenvolvimento de habilidades para atingir metas e realizar objetivos na vida pessoal e profissional. Trata-se de um conjunto de práticas para adquirir competências, inclusive emocionais, para construção de uma vida mais satisfatória.

Através desse processo busca-se atingir a excelência pessoal, pondo em prática todo o potencial para superar as adversidades da vida. Uma das ferramentas do coaching é a inteligência emocional para lidar com os obstáculos externos e crenças limitantes que impedem a pessoa de agir de modo produtivo, confiante e criativo para resolver os problemas e gerar oportunidades e realizações.

A docente dos MBAs USP/Esalq na disciplina de Gestão de Pessoas, Simone Abrantes Estrela, cita os cinco maiores motivadores para uma pessoa investir em um processo de coaching.

  1. Identificação do propósito – descobrir com maior clareza e confiança quais são as metas de maior relevância na vida profissional e/ou pessoal, aquelas cuja a realização resultará em um enorme sentimento de satisfação e orgulho pessoal, metas que lhe proporcionam grandes oportunidades de crescimento, desenvolvimento e amadurecimento. Satisfação é o resultado de propósitos vividos, sonhos realizados, adversidades superadas, tudo que você se propõe modificar, alcançar, experimentar, melhorar ou resolver.
  1. Diagnosticar o nível de satisfação – O coaching proporciona uma visão sistêmica do nível de satisfação em cada uma das dez áreas essenciais que compõem a vida de uma pessoa (Relacionamento familiar, Lazer, Financeira, Profissional, Intelectual, Emocional, Espiritual, Física, Amorosa e Relacionamento Social). Essa percepção permite maior clareza na definição das metas e ações que tornam mais feliz e realizada cada uma dessas áreas, tornando a pessoa mais ativa e responsável pela qualidade da sua própria vida, sucesso e bem estar.
  1. Busca pela excelência pessoal – O coaching é uma orientação para a prática, para atitudes mais eficientes, para o desenvolvimento de habilidades, para a construções de bons hábitos e fortalecimentos das competências já existentes. Através de planos de ação bem estruturados, as competências primordiais para o alcance de seus objetivos são dia a dia praticadas elevando a pessoa ao seu melhor.
  1. Emoções inteligentes – Todo processo de evolução pessoal ou profissional requer o bom uso das emoções. Isso significa saber administrar e superar as adversidades da vida de modo rápido e eficiente para não perder o foco e a determinação no alcance dos sonhos e objetivos. A construção de bons pensamentos, de uma análise crítica, sem crenças irreais, julgamentos e falta de esperança, alimenta emoções mais maduras, serenidade, autocontrole, autoestima e disposição para resolver os conflitos. Emoções equilibradas geram comportamentos construtivos, coragem, firmeza, dinamismo, determinação, independência e criatividade.
  1. Autonomia e Responsabilidade – O coaching é um grande convite para exercer a autonomia e se tornar mais responsável e ativo diante da vida. Uma vez definidas suas metas e identificadas as competências que serão executadas dia a dia para o alcançá-las, firma-se um compromisso. Esse compromisso depende fundamentalmente da consciência de que você tem um terço de responsabilidade em tudo que vive, por fazer ou deixar de fazer determinadas coisas. Os outros dois terços correspondem às outras pessoas e a vida, esses você não pode controlar, porém o seu um terço é o seu papel. Nesse aspecto, percebemos que não há desculpas para não realizar aquilo que se pretende, pois mesmo surgindo obstáculos concretos tais como falta de tempo, recursos, conhecimento ou oportunidades, faz parte da sua parcela de responsabilidade buscar soluções e estratégias para superar os obstáculos e seguir em frente.

 

Compartilhar