quarta-feira, maio 18, 2022

As aulas do MBA USP/Esalq são legendadas? Conheça nossa tecnologia

Com a evolução das últimas décadas, investir em tecnologias que facilitam o uso do seu produto ou serviço tornou-se uma exigência do mercado. Por isso, as aulas do MBA USP/Esalq são legendadas e os materiais de aulas são traduzidos.

Além de facilitar a comunicação entre pessoas de diferentes lugares e idiomas, esse serviço promove a inclusão de pessoas com deficiência, uma pauta cada vez mais presente.

No MBA USP/Esalq, as legendas são feitas pela Skylar, uma startup criada em 2016 que utiliza uma inteligência artificial (IA) própria de processamento de linguagem natural (PLN) para a geração automática de legendas traduzidas em tempo real. Para isso, o software utiliza reconhecimento de voz e técnicas de machine learning, além de permitir revisão humana do conteúdo gerado.

Leia também: Como é o processo de emissão do certificado do MBA USP/Esalq

Nós conversamos com Luana Moro, cofundadora e CEO da Skylar, para entender como as aulas do MBA USP/Esalq são legendadas, como isso foi feito, os benefícios deste investimento e muito mais. Confira!

O que é legendado e traduzido?

Bandeira pendurada do lado de fora de uma prédio, com as bandeiras de diversos países estampados no pano.
Além dos cursos para brasileiros, são quatro cursos destinados a alunos estrangeiros.

De acordo com Luana, atualmente, todos os cursos do MBA USP/Esalq são legendados automaticamente pela Skylar em português, inglês e espanhol. Esse processo é feito de forma automática e ao vivo, simultaneamente à transmissão das aulas. Ainda, todos os eventos extra-aula também são legendados.

Ela também conta que, para os cursos internacionais, além da legendagem simultânea, ainda é feita uma revisão manual das legendas, assim como a tradução de materiais complementares e outros itens adicionais pela equipe interna de Tradução do Pecege, que presta apoio aos MBA USP/ESALQ..

“Todos os materiais de aula são traduzidos do português para o espanhol e, quando há materiais extras em inglês ou espanhol, também é feita uma versão para os alunos falantes de português. Além disso, todos os vídeos utilizados pelos professores que estão em outros idiomas também recebem legendas antes de iniciar a aula”, explica.

Leia mais: O certificado do MBA USP/Esalq tem validade internacional?

O processo

Luana detalha o funcionamento do processo de tradução dos materiais de MBA: “Tudo começa com o professor, que envia a apresentação da aula e os materiais complementares ao setor de Planejamento do Pecege. O material é, então, adequado para o layout da aula e enviado para a equipe de Tradução, que passa o conteúdo de português para inglês e espanhol, e devolve para o Planejamento.”

Além disso, professores que desejam passar vídeos em inglês ou espanhol como material audiovisual de aula podem enviá-los para a Skylar para que sejam legendados antes da aula ao vivo. No dia seguinte ao streaming da aula, é feita a revisão de todas as legendas e o upload para que fique disponível para as aulas também gravadas. Todo o processo de tradução e legendagem envolve cerca de 30 pessoas, duas equipes focadas em fazer isso acontecer.

No entanto, Luana lamenta que, mesmo assim, nem todos os materiais complementares podem ser traduzidos. Isso acontece porque “alguns possuem direitos autorais e não podemos mexer no conteúdo. Nesse caso, o aluno é direcionado a um material similar, geralmente em inglês.”

Alcance e acessibilidade

Notebook ligado em cima de uma mesa, conectado a um teclado para escrita em braile.
A acessibilidade é mais um benefício da tradução e legendagem das aulas.

Segundo Luana, a iniciativa de tradução e legendagem das aulas é um investimento financeiro no futuro, que beneficia tanto os alunos quanto a instituição. Isto porque aumenta, exponencialmente, o alcance dos cursos, que conseguem chegar a pessoas de todo o mundo, ao mesmo tempo em que proporciona aos alunos melhores condições de estudo.

E esta melhora na condição dos alunos se dá até mesmo fora da sala de aula e dos materiais complementares, já que também é oferecido atendimento exclusivo em inglês e espanhol para os cursos internacionalizados. O objetivo é ajudar os não falantes de português a se integrarem totalmente no processo e conseguir acesso a conhecimentos que, muitas vezes, são criados e centrados no Brasil.

Outro benefício destacado por ela é o acesso de pessoas com deficiência: “Dificilmente vemos as instituições de ensino a distância se preocupando com a acessibilidade de seus alunos. Com todo esse suporte e desenvolvimento tecnológico que trabalhamos internamente, é possível oferecer as aulas com legendas para aqueles que necessitam”, explica Luana.

Aproveite que as aulas do MBAUSP/Esalq são legendadas e conheça os cursos oferecidos. Experiencie a tecnologia da Skylar em primeira mão!

Você também pode gostar:

Autor (a)

Caio Roberto
Jornalista e amante de história, línguas estrangeiras, cinema, literatura e videogames. Utilizo minha curiosidade natural e minha facilidade de me comunicar para descobrir mais sobre o mundo e tentar passar isso adiante. Acredito que nasci para contar histórias, independente da história, da mídia em que ela será contada e do meu papel nela.

Compartilhar